Seguidores

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

ZÉ SANTOS - PATRIMÔNIO VIVO DE ITAPETIM

SOU EU
Se eu tivesse a memória como eu tinha
Eu deixava num canto reservado
Um livrinho dizendo o meu estado
Que parece com o sol à tardezinha

Me lembrei de um certo quarto e da cozinha
Até meu travesseiro foi mudado
Ao pensar tudo isto estou cansado
E Maria, coitada, está sozinha

A distância me mata de saudade
Visitá-la, meu Deus, tanta vontade!
Visitá-la, meu Deus, que coisa bela!
Será que essa dor muda de rumo?
Vou pensar como é que eu me acostumo
Porque sofrer entre nós dois é eu e ela!

Afinal eu cheguei onde eu estou
Submisso, coitado, e sem prazer
Procurando um caminho de viver
Perguntei a mim mesmo: Pra onde vou?
Até parece um decreto que deixou
E no silêncio da vida vai dizer
Quando um dia alguém aparecer
E as lembranças de tudo ja passou!

E assim vai passando lentamente
O prazer de amar é diferente
O meu mundo, meu caro, já morreu
Se alguém se lembrar o que eu já fiz
Um retrato  guardado ainda diz
Essa sombra oculta é mesmo EU.


O poeta José Francisco do Santos foi vereador e prefeito eleito por duas vezes. Filho do primeiro prefeito nomeado do município de Itapetim-PE, Sr. Francisco Santos.

6 comentários:

Ana Martins disse...

Lusa, boa noite!
Bonita homenagem num poema brilhantemente escrito.

Beijinho,
Ana Martins

Linda Simões disse...

Lusa,

Falar de "Seu Zé Santos" é falar de História, de Poesia e de Raízes.
O poema é um grito de saudade e um "A" de amor.

Linda homenagem.

Beijinhos,

Linda Simões

Anônimo disse...

LUSA QUERIDA , VOCÊ É PRESENTE EM TUDO QUE DIZ RESPEITO A ITAPETIM E AS PESSOAS QUE FIZERAM ITAPETIM SER , EXISTIR TER HISTÓRIA. ESSE POEMA DELE ME FEZ CHORAR SÃO RECORDAÇÕES QUE MARCAM. SEU ZÉ SANTOS FAZ PARTE DESTE ARQUIVO DE LEMBRANÇAS , E NOS ANAIS POLITICOS SOCIO RELIGIOSOS , ELE SE FAZ PRESENTE NUMA FOLHA DE SERVIÇOS PRESTADOS A NOSSA QUERIDA ITAPETIM .abraço de carlinda

Martinho Alves de Andrade disse...

Admiro-a pelo amor devotado aos familiares e às coisas e gente do seu torrão natal.
Reproduzo no meu blog a poesia de José Francisco dos Santos, segundo minha sogra e outras pessoas de Itapetim um homem probo e honesto, que não fez da política um meio indecente de vida.
No meu entender o seu esposo merece muito uma oportunidade em Itapetim. Gostaria de vê-lo atuando na prefeitura.
Um abraço, senhora.

Eduardo Patriota disse...

Amiga Lusa! Não é fácil se falar do Senhor José Francisco dos Santos, conhecido popularmente como Zé Santos, depois de ouvir esse seu lindo poema. Ele é um poeta espetacular, nascido nas entranhas do ventre imortal da poesia, que é Itapetim, essa cidade cheia de encantos. Não é novidade dizer quem não é poeta em Itapetim, se não for poeta, é doido. Assim alguém falou...!
Como homem público da nossa terrinha, foi um dos mais notáveis. Foi prefeito em tempos difíceis, governando com pouquíssimos recursos, e mais, sob o efeito de longas estiagens, mas mesmo assim ainda fez muito pela saúde e pela educação.
Todos os prefeitos de Itapetim fizeram muito, uns mais e outros menos, proporcional aos recursos que cada um recebeu.
Na verdade, Zé Santos é um patrimônio vivo de Itapetim, ele nos enaltece como cidadão, como poeta e como homem público.
É como vê Eduardo Patriota. 28.02.12.

MARCOS DHOTTA disse...

MAIS UM GRANDE HOMEM PARA O PANTEÃO MEMORIAL DA HISTÓRIA DA NOSSA ITAPETIM.